Doenças periodontais relacionadas às doenças sistêmicas

Começarei com um assunto sério, o qual algumas ou muitas pessoas podem não saber sobre essa associação, pois  intimamente já devem ter visto um caso ou ouvido falar e se perguntado,”mas o que tem a ver uma coisa com outra?”, “como pode haver relação entre uma doença comum com a má higienização?”. Lendo alguns artigos sobre o assunto, resolvi passar para vocês se manterem informados, mas para facilitar e não cansá-los, por ser um assunto um pouco extenso dividirei em quatro posts.

Muitos estudos foram realizados a esse respeito, alguns dos quais demonstraram uma relação significativa entre doença bucal e componentes da doença sistêmica. O achado de uma relação estatisticamente significante entre doença bucal e doença sistêmica não indicaespecificamente causalidade; as duas  podem ocorrer coincidentemente ou podem resultar de um fator de risco comum.

Os critérios usados para avaliar a possibilidade de uma associação causal entre dois ou mais fatores incluem: uma avaliação da força da associação, consistência dos achados, temporalidade indicando exposição a um fator de risco antes do início da doença, plausibilidade biológica, evidência experimental que controle fatores de confusão e outros.

Infecções periodontais e doença cardiovascular

Existe uma associação entre doença periodontal e doença cardiovascular (DCV), mas não se sabe se essa associação é causal. A determinação da causalidade é confundida pelo fato de a doença periodontal e a DCV  compartilharem múltiplos fatores de risco, sendo eles idade avançada, sexo masculino, tabagismo, diabetes e baixa condição sócio-econômica.

Em estudos que controlaram esses fatores de risco, uma associação positiva foi mais consistentemente relatada entre doença periodontal e DCV. Mostrou-se de maneira consistente que essa relação é mais forte para resultados clínicos de derrame do que para doença cardíaca coronariana. Estudos identificando a presença de doença periodontal antes de DCV esclareceram a temporalidade da associação.

Inflamação gengival, causado pela doença periodontal.

Uma avaliação da carga de patógenos periodontais demonstrou que uma carga de patógenos aumentada está positivamente relacionada com DCC. Três estudos mostraram que o tratamento periodontal está associado com medições melhoradas da inflamação sistêmica e DCV subclínica.

Os mecanismos potenciais pelos quais a doença periodontal pode contribuir com DCV incluem rotas diretas e indiretas. Nas rotas diretas, pensa-se que os micróbios bucais exerçam seus efeitos sistêmicos através do sistema circulatório. Um estudo em camundongos demonstrou desenvolvimento aterosclerótico acelerado seguindo inoculação intravenosa com P. gingivalis. Uma possível rota indireta inclui níveis aumentados de inflamação sistêmica que, por sua vez, é indicativa de eventos cardiovasculares.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s